Comunicação Violenta: reconhecendo e mudando

O ser humano, em geral, assume uma comunicação violenta diante de situações de conflito. A comunicação violenta que me refiro aqui não é a agressão verbal em si, mas sim o que se pode chamar de violência passiva, aquela que gera raiva na vítima. Ou seja, é uma violência na forma de falar que acaba por fomentar o conflito ao invés de resolvê-lo.

Anúncios

Síndrome do Pânico parte 1 – Relatos de uma paciente antes da crise

A vida da gente é tão corrida, tão cheia de compromissos e horários marcados, que às vezes esquecemos que somos humanos e não uma máquina. Esquecemos que nosso HD não foi programado para receber tantas informações em períodos tão curtos de tempo.