Se cair, levanta

Caí duas vezes em dez dias, há alguns meses. Uma vez durante as férias, no hotel, e a última já em casa, saindo para o trabalho. O último tombo foi bem mais feio que o primeiro, fiquei toda roxa e dolorida por um tempo. Nas duas vezes me levantei com a minha dignidade quase intacta.

Anúncios

Vida social real. Você tem?

Os constantes bloqueios do aplicativo de mensagens Whatsapp pela Justiça têm deixado muitos usuários desesperados em todo o Brasil, pois este é meio de comunicação mais utilizado no mundo. Esse desespero me faz pensar no que se tornou a vida social do ser humano desde o avanço das tecnologias de comunicação.

Qual é a sua prioridade?

Você é do tipo de pessoa que dá a entender que uma coisa é importante para si quando na verdade não é? Consegue deixar claros seus desejos e intenções? Quais são as suas prioridades? Uma falha de comunicação com uma cliente essa semana que me deixou chateada e me fez querer trazer esse assunto a tona.

Cadê a ideia que tava Aqui?

Conforme dito na semana passada, o assunto do texto de hoje é o bloqueio criativo, ao qual fui acometida. Refletindo calmamente, hoje sei que isso aconteceu devido ao cansaço que eu estava sentindo, mas na hora me bateu o desespero e bloqueou até as atividades nas quais eu não tinha que pensar muito para executar. Não fiz os textos para o site, as resenhas que tive que fazer para o blog não ficaram tão boas assim... Parece que meu raciocínio tinha saído de férias e me deixado com um vazio de ideias.

Seja a mudança que você quer ver no mundo

Nas últimas semanas, temos sido bombardeados pelos meios de comunicação com notícias de figuras públicas, em sua maioria políticos, tendo que prestar esclarecimentos por envolvimento em esquemas de corrupção. Ficamos indignados e comemoramos quando ações como essa acontecem, mas algum de nós de já parou para pensar na sua própria responsabilidade nessa situação?

Não adianta chorar pelo leite derramado

Um assunto recorrente no meu consultório, principalmente, entre clientes do sexo feminino, são os finais de relacionamentos ou mesmo a dificuldade para terminar um relacionamento que não lhes faz bem. E as coisas começam a ir de mal a pior justamente quando há uma mudança no que permitiu a conquista do outro. Aí só resta lamentar! Ou não?