A vida depois do Carnaval: é hora de encarar a rotina

Em nosso País parece que a vida começa, como dizem as pessoas, depois do Carnaval. Passada a euforia do final de ano e o ardor do Carnaval, nos deparamos com a vida que clama por novas atitudes e novas formas de enfrentamento. O Carnaval passou e agora é hora de começar a enfrentar a nossa árdua rotina diária, carregada de responsabilidades, sonhos, projetos, e principalmente, de ações.

Tenho observado diariamente, em meu consultório, como as pessoas estão carentes, solitárias e, muitas vezes, sem forças para lutar contra as exigências da sociedade contemporânea. São muitas as cobranças do mundo globalizado. Cada indivíduo tem que ser quase um super-herói, capaz de desempenhar todos os seus papéis de forma brilhante e com alto grau de desempenho. Tudo isso leva ao stress, às doenças psicossomáticas e ao adoecimento do ser humano.

Muitas são as questões que ouço diariamente: como desempenhar bem tantos papéis e ao mesmo tempo ser capaz de ter momentos de prazer, de felicidade. A queixa é geral. Ausência de tempo e a síndrome da exaustão generalizada acometem homens e mulheres. Penso até se existe antídoto para toda essa pressão moderna.

LEIA TAMBÉM:
Pare de se concentrar no que pode dar errado e comemore o que pode dar certo!
Comunicação interpessoal pra quê?
O oposto da gratidão é a inveja

Tenho dito e recomendado que as grandes mudanças devem começar dentro de nossas casas interiores, ou seja, dentro de nós mesmos. De que adianta pintar o portão e mudar o jardim se o interior da casa está empoeirado, sujo e estagnado? Precisamos realizar uma grande faxina interior.

Se as perspectivas são boas, não posso afirmar. Em meio a tantos problemas sociais e políticos, acredito mesmo que cada um de nós tem que fazer a sua parte. Mas de que forma? Primeiro, é bom rever sonhos, metas e verificar comportamentos que muitas vezes impossibilitam as pessoas de realizar os próprios sonhos. Porque? Medo, baixa autoestima, insegurança e ausência de autoconfiança. Portanto, é hora de começar a repensar e “arregaçar as mangas” para o enfrentamento dessa luta diária que é nossa vida.

Sofrimentos, dificuldades, sempre farão parte de nossas vidas. É constante e mutável a nossa capacidade de enfrentar os obstáculos, rever posições e adotar novas atitudes em busca de uma vida qualitativa e feliz.

Se você começou o ano meio desanimado, é hora de recomeçar, afinal no Brasil tudo acontece depois do Carnaval. Ainda está em tempo… Espero que você seja capaz de construir diariamente sua própria felicidade, afinal felicidade não vem por e-mail e nem por Sedex, vem através das suas próprias atitudes. Repense, acredite e seja feliz!

Vamos fazer de 2016 um ano de muitas mudanças positivas, de novas atitudes e, principalmente, de auto realização. Não da realização financeira, mas da auto realização e da auto construção para nos tornarmos pessoas felizes, amigas, solidárias e responsáveis pela própria felicidade.

Por Mara Suassuna

ESTE ARTIGO CONTRIBUIU COM VOCÊ? ENVIE-NOS UM E-MAIL CONTANDO SUA HISTÓRIA: contato@potencialmaximo.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s